Draw everywhere, and all the time. An artist is a sketchbook with a person attached.
Irwin Greenberg





2005-09-19

Dos cadernos de viagem # 2

Estavam 46º C! algumas pessoas, sem sombra à vista, continuavam esperando que o barco chegasse rapidamente; só as duas americanas já de uma certa idade, com a maior naturalidade, desceram o pequeno muro que dava para o lago, sentaram-se na borda e deixaram que a água as refrescasse assim como às saias! Abri o caderno e tentei reter o momento tal como as via.




Junho 2003

9 comentários:

Márcia disse...

esses flagrantes seus são preciosos.
um beijo daqui, onde ainda é dia 18. ;)

AntropoLógica disse...

Belo desenho! Como uma janela para um fragmento de realidade, emoldurado e disponível para (re)viver. Sente-se o pulsar da vida sob o papel. Obrigada pela partilha. :)

Geosapiens disse...

...muito bom...para um momento...é uma verdadeira fotografia...muito engenho e arte...obrigado...

maria disse...

Ficou guardado!
As leis da percepção explicariam bem, isto de reparar nas movimentações únicas, no meio de muitas ausências de acção.
O desenho e o texto fazem o filme, parece que teimam levar-nos lá, a experimentar esses 46º sem sombra!

JRD disse...

É isso Helena! O agarrar o instante.

Mendes Ferreira disse...

lindo.....bom dia...bem "atirado".

r.e. disse...

um instante, alguns traços, muita arte. beijinho. J.

Laurindinha disse...

Desenhar assim, com 46ºC!

nnannarella disse...

_________

Bellagio ... alguns belíssimos dias lá passei, e noutras terrinhas do lago di Como.
Nunca debaixo de 46º, graças a Deus! :)